Home ›› Blog

27/05 Weber

00/00/0000
Categoria: Histórias
 
 
 

 

 


Curiosidade

Os tropeços de Carl Maria von Weber



Carl Maria von Weber (1786-1826) contemporâneo de Beethoven, contrariamente a este, foi um romântico que encontrou no classicismo a forma mais adequada de se expressar. A orquestra que utilizava em suas óperas engrandecia-se com tal riqueza de efeitos que pouco ou nada ficou a dever às das sinfonias dos grandes românticos. Na verdade, com base nessas afirmações, Weber é considerado por muitos, como o verdadeiro pai do Romantismo Musical, e "Der Freiscütz"( O Franco Atirador), foi sua primeira e bem sucedida tentativa.

no campo da ópera popular, Carl Maria von Weber trilhou um longo caminho, pleno de dificuldades de todo tipo e peripécias, antes de atingir o sucesso com suas originais criações.

Carl Maria nasceu em Eutin, Alemanha, em 1786, e para grande perplexidade de seu pai, músico itinerante, o Barão Franz Anton von Weber, o menino era frágil e doentio além de apresentar um perceptível defeito na coxa. Mas o Barão que já tinha dois filhos músicos, imaginava que Carl Maria seria certamente um novo Mozart que fascinaria as platéias com seu magnífico talento.

O Barão criara uma companhia teatral nômade, constituída pelos integrantes de sua família,que ele designou com o nome jocoso de "Von Webershen Gesellschaft"( Sociedade Weberiana). Nas suas excursões, o Barão procurava encontrar no pequeno Carl Maria algum pendor para a música, mas o menino não se interessava por essa arte, exasperando seu irmão Fritz que fôra encarregado de dar-lhe aulas. Um dia Fritz, perdeu a paciência e explodiu: "Carl você jamais será um músico de verdade!".


O DESPERTAR DE UM GÊNIO

O fracasso de Carl Maria exasperou o pai que, teimosamente, procurou modificar os projetos que tinha para o filho, fazendo-o estudar em vão desenho e pintura. Arranjou-lhe então um professor de música competente, Johann Heuschkel, cujas aulas apesar de enfadonhas, acabaram por levar Carl Maria a algum progresso, surpreendendo seu já desiludido pai.

Mas esse sucesso foi efêmero, e, em 1787, encontrando-se em Salzburg, Carl Maria cantava no coral dirigido por Michael Haydn, que percebeu no menino uma excepcional dotação para a música. Michael Haydn dispôs-se a dar aulas gratuitas ao menino e, orientado por ele, Carl Maria escreveu "Seis Fuguetos para Piano".

No ano seguinte, após uma estada em Munique e a morte de sua esposa, o Barão Franz Anton decidiu abandonar a vida errante e resolveu se aposentar. Carl Maria continuou seus estudos musicais com vários professores, apresentando seus primeiros concertos e, aos 13 anos de idade, escreveu sua primeira ópera - "A Força do Amor e do Vinho" e alguns "lieder".

Mas, julgando ter descoberto novas técnicas de reprodução mecânica, interessou-se tanto pela litografia que esqueceu até sua paixão pela música. Mesmo assim, em 1800, escreveu "A Jovem da Floresta", que teve um sucesso razoável, sendo bem recebida em Praga, Viena e São Petersburgo, o que lhe conferia uma condição de autor bem sucedido.

AS "TRAPALHADAS"DE VON WEBER

Em 1804, Weber procurou organizar a orquestra e coro de Breslau, mas teve que enfrentar a antipatia dos músicos e cantores por causa de seu título aristocrático. Por isso, o jovem músico procurava amigos que se encantavam com seu espírito vivo e as baladas sentimentais que cantava acompanhando-se à guitarra. Algumas aventuras amorosas o envolveram em escândalos e as tensões e a difícil situação em que vivia, conduziram-no a um incidente quase fatal.

Um dia seus amigos o encontraram caído no chão de sua casa, inconsciente: havia ingerido ácido nítrico, julgando que fosse vinho... Correu sério perigo de vida nos dias seguintes, mas se recuperou, só que perdeu para sempre sua bela voz. Por volta de 1807, conseguiu o cargo de intendente musical dos Duques de Karlsruhe, Silésia, onde encontrou uma orquestra disciplinada. Jovem que era, deixou-se influenciar pelo ambiente, passou a ver a música como simples diletante absorvido pela intensa vida social.

Mesmo assim, compôs várias peças, mas, em 1810, seu pai apoderou-se de uma quantia em dinheiro que o Duque Ludwig confiara a Carl Maria de modo que este foi preso por alguns dias até um inquérito estabelecer sua inocência. Mas o aristocrata determinou a expulsão definitiva de pai e filho do estado que governava.

Carl Maria von Weber voltou à vida errante de pianista e só interrompeu essa situação após tornar-se Vice-Mestre da Capela de Dresden e casar-se com a cantora Caroline Brandt. Iniciou então a fase mais importante de sua carreira, criando a ópera "Der Freischütz" (1821),que lhe garantiu o lugar na história como o lançador dos fundamentos para a criação da ópera nacional alemã.


Autor Aristides A. J. Makowich

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Iara Alagia Violinista Iara Alagia Violinista foi desenvolvido por INVENTA Design